PosLin

Infraestrutura - Núcleos de Pesquisa

Consulte Laboratórios, Grupos no CNPQ e Biblioteca

O Poslin tem também em sua infraestrutura os núcleos de pesquisa que são vinculados administrativamente à Câmara de Pesquisa da FALE (http://www.letras.ufmg.br/cpqNovo/), mas academicamente ao Poslin, pois neles se desenvolvem os projetos de pesquisa dos professores credenciados.

A seguir, os dados dos núcleos:

Centro de Estudos em Linguística Aplicada (CELiA)

O CELiA reúne pesquisadores com formação em língua portuguesa e línguas estrangeiras que se dedicam ao estudo da linguagem como prática social.
Objetivos:
(a) Desenvolver pesquisas na área de Linguística Aplicada, dentro de diferentes perspectivas teóricas, por meio de projetos integrados ou individuais;
(b) Criar grupos de estudo;
(c) Desenvolver projetos de ensino e extensão;
(d) Divulgar resultados parciais e finais de pesquisas por meio de relatórios, homepages, artigos, livros, cursos, comunicações, mesas redondas e outras formas disponíveis;
(e) Formar banco de dados e corpora para pesquisa;
(f) Estabelecer intercâmbio com grupos de pesquisa, grupos de trabalho, associações e pesquisadores com objetivos afins existentes no Brasil e no exterior;
(g) Implementar atividades do Laboratório de Estágio.
O grupo desenvolve o Projeto de Pesquisa/Ensino INGREDE e o Projeto AMFALE (http://www.veramenezes.com/amfale.htm ), com parcerias com a FAE/UFMG, UFOP, UFV, UESB, UFG, UFSJ, UNIMEP, UNIFIAN, UFPA, UFF, UFPB e UNEMAT. O Núcleo está ligado ao Lalintec, acima mencionado.

Grupo Mineiro de Estudos do Léxico (GruMEL)

O GruMEL agrega vários projetos que envolvem o léxico, integrando pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação. A produção científica do grupo é constituída de livros, capítulos de livro, artigos publicados em periódicos, bem como de teses de doutorado, dissertações de mestrado e monografias de iniciação científica. O Os objetivos do núcleo são:
(a) desenvolver projetos integrados de pesquisa que reúnam investigações sobre o léxico, congregando pesquisadores, alunos, grupos de pesquisa, através de projetos individuais e coletivos;
(b) promover a pesquisa, a reflexão, o debate e encontros entre docentes e estudantes, propiciando apoio efetivo ao trabalho de pesquisa através da constituição de infraestrutura adequada;
(c) formar um acervo documental composto de bibliografia específica e material de divulgação;
(d) viabilizar a difusão dos trabalhos de criação, de estudos e de pesquisa, através dos mais diversos veículos, desde artigos, ensaios, livros, etc;
(e) conceber e oferecer oficinas, debates, cursos de extensão e ensino na graduação e na pós-graduação, ou mesmo para a comunidade interessada no assunto.

O Núcleo possui parcerias com a UNI/BH, PUC-MG e UFVJM/MG.

Núcleo de Análise do Discurso (NAD)

O Núcleo de Análise do Discurso (NAD) é vinculado à Faculdade de Letras da UFMG e voltado, exclusivamente, para a organização e implementação de atividades acadêmicas. Seu objetivo principal é congregar professores e estudantes de níveis e instituições variados, em atividades como simpósios, seminários, grupos de discussão sobre objetos e temas específicos do campo da análise do discurso. Possui parceria com UFSJ, UFOP, UFV, UFU, CEFET/MG, CIAD-RJ (UFRJ e UFF). O NAD também foi participou, ao lado das universidades acima citadas, da criação da Associação Mineira de Analistas do Discurso (AMPADIS) que organiza bianualmente os Encontros Mineiros de Análise do Discurso (EMAD).

Núcleo de Ensino e Pesquisa em Português como Língua Adicional (NEPPLA)

O Grupo possui parceria com o CEFET/MG e a UFF. As pesquisas em Português Língua Adicional foram pioneiras no país, com muitas produções de material didático, orientações de cursos no CENEX/FALE, material para internet, dentre outros produtos. Muitos dos membros do grupo são responsáveis pela elaboração e aplicação do CELPE-BRAS.

Núcleo de Estudos Cognitivos do Discurso (NECODI)

Os trabalhos produzidos por este grupo visam a elucidarem a natureza das interfaces entre linguagem, cognição e cultura, sob o ponto de vista de teorias linguísticas funcional-cognitivas. Em nossas pesquisas buscamos associar a fenomenologia linguística a princípios cognitivos gerais e explorar a produção linguística como ação. O nosso principal aporte teórico é a Linguística Cognitiva e suas áreas de exploração que incluem os fenômenos de conceptualização, relações conceptual-formais, semântica lexical, metáfora e espaços mentais, além de aplicações da Linguística Cognitiva à aquisição de língua materna e língua estrangeira.

Núcleo de Estudos da Tradução (NET)

O Núcleo de Estudos da Tradução é um espaço para divulgação de projetos, eventos e atividades de pesquisadores interessados em abordagens linguísticas e literárias dos estudos da tradução. O Núcleo é uma parceria entre pesquisadores do Poslin e do com parceria do Poslit/FALE/UFMG.

Núcleo de Estudos sobre Transgressões, Imagens e Imaginários (NETII)

Coordenadoras: Emília Mendes e Ida Lucia Machado

DGP/CNPq: GETII - grupo de estudos sobre transgressões, imagens e imaginários.A partir das diversas vertentes analítico-discursivas e dos estudos retórico-argumentativos antigos e contemporâneos.

O presente grupo de estudos tem por objetivo pesquisar fenômenos essencialmente relacionados aos processos de transgressões e de desvios em gêneros verboicônicos. O NETII possui parcerias com a UESC (Ilhéus), UFSJ, UFOP, UFV, UFU e CEFET-MG. O Núcleo é filiado à Associação Mineira de Analistas do Discurso (AMPADIS), que organiza bianualmente o Encontro Mineiro de Análise do Discurso. O grupo foi fundado em 08 de março de 2013.
Em 2014, em conjunto com pesquisadores ligados ao PROEDA Universidade Estadual de Ilhéus, que agrupa pesquisadores da UFMG, UESC, USP e UFS, o NETII realizou o II Seminário de Estudos sobre Discurso e Argumentação, II SEDiAr (www.letras.ufmg.br/iisediar ). O evento contou com a participação de cerca de 300 pessoas, reunindo pesquisadores de várias regiões do Brasil. Pesquisadores importantes como Ruth Amossy (Un. de Tel-Aviv), Rui Grácio (Universidade Nova de Lisboa), Loïc Nicolas (universidade Livre da Bruxelas), dentre outros participaram do evento. O evento contou com o apoio de R$13.000,00 por da Capes e com o apoio de R$8.000,00 por parte da FAPEMIG. O Poslin, através da verba PROEX contribui com o montante de R$8.000,00 e o CENEX FALE patrocinou uma passagem no valor de R$5.000,00. Atualmente, o grupo conta com a presença do prof. Patrick Dahlet na condição de professor visitante, com bolsa concedida pelo CNPq, cuja vigência é de setembro de 2014 a agosto de 2015.

Núcleo de Estudos da Língua em Uso (NELU)

Coordenadoras: Adriana Maria Tenuta de Azevedo e Ana Larissa Adorno Marciotto de Oliveira

Grupo no diretório do CNPq: Gramalu - Grupo de estudos gramaticais da língua em uso: descrição e comparação nas abordagens funcional e cognitiva

O NELU tem como principal objetivo reunir e incentivar projetos de pesquisa que focalizem fenômenos concernentes aos aspectos morfossintáticos, semânticos, discursivo-pragmáticos e cognitivos da língua em seu uso efetivo, nas diversas situações de interlocução. Visa, também, a promover discussão de modelos teórico-metodológicos diferentes que têm na linguagem em funcionamento seu campo de investigação, buscando um possível "diálogo" entre esses modelos. O GRAMALU, acima citado, foi fundado em 2013 e está ligado ao NELU e ao NECODI. Número de membros (docentes e discentes): 4 docentes e 21 discentes.

Núcleo de pesquisa em Linguística Histórica (NPLH)

O Núcleo de Pesquisa em Linguística Histórica tem o intuito de dar organicidade local a projetos dessa área em andamento nos últimos anos, associados ao Grupo de Linguística Histórica do CNPq, que teve início em 1992. Esse grupo teve e tem vários desdobramentos e repercussões, tanto na formação de recursos humanos como no efetivo desenvolvimento de projetos de pesquisa, apoiados pelo CNPq. Nessa primeira fase, várias dissertações de mestrado e doutorado foram orientadas pela coordenadora e seus orientandos, tendo como participantes docentes da Fale e de outras instituições. O Núcleo possui parceria com GruMEL, USP, UFG e UFMT.

Núcleo de Pesquisa em Semântica Lexical (NUPES)

Este núcleo tem como linhas principais de pesquisa: a Interface Sintaxe/Semântica Lexical, a Semântica Lexical e a Descrição Sintático/Semântica do Português Brasileiro. A consolidação das pesquisas nessa área para o PB firmou-se, sobretudo, a partir dos trabalhos de Carlos Franchi sobre as Relações Temáticas e Predicação Semântica, a quem agradecemos eternamente a inspiração para a formação do nosso grupo de trabalho. Os principais temas de investigação do núcleo são: decomposição em predicados primitivos, estrutura argumental, estrutura semântico-lexical, estrutura sintático-lexical, classes verbais do português brasileiro, alternâncias verbais, regras de linking, papéis temáticos.

Núcleo de pesquisa em variação Linguística (NUPEVAR)

Este grupo tem como propósito o estudo da variação e da mudança linguística.
Nossas pesquisas incluem:
(i) trabalhos cujo recorte é estritamente sociolinguístico;
(ii) trabalhos cujo recorte é estritamente gerativista.

Tem como objetivo desenvolver pesquisas sobre mudança sintática, comparando dialetos do português brasileiro, do português europeu, e de outras línguas. NUPEVAR (Núcleo de Pesquisa e Variação Linguística) e GRUMEL (Grupo Mineiro de Estudos do Léxico) são responsáveis pelo Convênio de Cooperação Acadêmica entre a UFMG e a Ruhr-Universität Bochum, Alemanha, com o projeto "Variação lexical e gramatical nas línguas românicas". Outras informações estão disponíveis do site do Convênio: www.letras.ufmg.br/ufmg-rub.

Redes sociais
Twitter PosLin

@poslin

Facebook PosLin

/poslin

Twitter PosLin
Poslin

Av.Antônio Carlos, 6627 Sala 4035 - Pampulha
Belo Horizonte - MG - CEP 31270-901
Fone: (31) 3409-5492
Atendimento externo: 13:30 às 17:00 horas