UFMG
UFMG
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS

Convênios, acordos e parcerias Internacionais

Consulte parcerias e convênios nacionais

O Poslin possui atualmente 34 convênios e acordos internacionais vigentes com instituições estrangeiras em praticamente todos os continentes. Os acordos, convênios e projetos internacionais, envolvendo instituições de outros países, têm auxiliado o Programa em sua meta de internacionalização, cujo efeito se faz sentir, por exemplo, na produção científica de docentes do POSLIN em coautoria com docentes de instituições internacionais, às vezes incluindo também a autoria de discentes. Isso mostra a capacidade de inserção nacional e internacional do Programa.

Ressalte-se que alguns convênios/projetos têm financiamento integral do exterior, o que revela a capacidade dos professores do Programa de competir por recursos também em instâncias internacionais, para além das nacionais. Com relação a estas, enfatiza-se que os professores permanentes do Programa têm captado recursos financeiros de toda ordem, incluindo auxílios financeiros individuais ou institucionais para sua pesquisa ao concorrerem a editais para esse fim, o que é resultado do amadurecimento acadêmico-científico do próprio docente e do Programa.

Além das instituições que colaboram por meio de projetos bilaterais formais, com financiamento de agências nacionais ou internacionais, há as instituições que fazem parceria de cunho informal. Como resultado dessas parcerias, podem também ser citadas missões bilaterais de alunos em doutorado sanduíche e missões bilaterais de trabalho de docentes.

Aqui, distinguiremos os acordos internacionais e intercâmbios iniciados e formalizados em 2019 dos outros acordos e intercâmbios vigentes, iniciados nos anos anteriores:

1 - Acordos e intercâmbios internacionais iniciados e formalizados em 2019:

i- Título do acordo/convênio/intercâmbio/projeto: Capacity Building through elearning

Coordenador em cada uma das instituições envolvidas: Aziz Saliba, Ana Larissa Adorno Oliveira e Flávia Souza (UFMG) e Mary Norton, Sara Sandford e John Schulz (UoS)
Instituição parceira: University of Southhampton (UoS)
Órgão de financiamento: British Council
Data de início e término: dez/2019 a dez/2021
Atividades: visitas técnicas, oferta de cursos para a comunidade visando à internacionalização, planejamento de envio de alunos de doutorado e de pós-doutorado, preparação de publicações conjuntas.
Equipe envolvida (alunos, professores e técnicos da UFMG e da instituição parceira):
Aziz Saliba, Ana Larissa Oliveira, Flávia Souza e Janaína Henriques (UFMG)
Mary Norton, Sara Sandford e John Schulz (UoS)
País/local da instituição do convênio: Reino Unido

ii - Título do acordo/convênio/intercâmbio/projeto: Generating digital content through Corsera.

Coordenador em cada uma das instituições envolvidas: Azia Saliba, Ana Larissa Adorno e Leandro Diniz (UFMG); Brian Breen e Larry Cooper (UCI)
Instituição parceira: Unversity of California (Irvine)
Órgão de financiamento: UCI e UFMG
Data de início e término: dez/2019 a dez/2021
Atividades realizadas: visitas técnicas, oferta de cursos para a comunidade visando à internacionalização, planejamento de envio de alunos de doutorado e de pós-doutorado, preparação de publicações conjuntas
Equipe envolvida (alunos, professores e técnicos da UFMG e da instituição parceira):
Azia Saliba, Ana Larissa Adorno Oliveira, Leandro Diniz e Ana Paula López
(UFMG); Brian Breen e Larry Cooper (UCI)
País/local da instituição do convênio: EUA

iii - Projeto: Colaboração internacional sobre o tema Proeminência na Linguagem (Projeto Prominence in Language, Centro de Pesquisa Colaborativa 1252)

Coordenadores: Aroldo de Andrade (UFMG) e Martin Becker (Universitt zu Kln)
Instituição parceira: Universitt zu Kln
Órgão de financiamento (ref. à visita do Prof. Aroldo de Andrade): DFG (Deutsche Forschungsgemainschaft)
Período: 25.11.2019- 20.12.2019
Atividades realizadas no período:
- Realização da Palestra 'Cleft types in Portuguese: a prominent dialogue between textual structure and syntactic structure' (2 de dezembro de 2018)
- Realização da Palestra 'V2 or not V2, that's not the (only) question: word order from Old to Modern European Portuguese' (10 de dezembro de 2019)
- Participação em conferências e reuniões do Projeto 'Prominence in Language'
- Reuniões para elaboração de artigo sobre o tema 'Formas do Pretérito Mais-que-Perfeito na história do Português.
- Reuniões com outros membros do Projeto para tratar de outras possíveis colaborações sobre temas ligados à proeminência e à estrutura informacional em construções marcadas.
Publicações: (artigo em preparação)
Local da visita: Colônia, Alemanha

iv - Título do acordo/convênio/intercâmbio/projeto = Acordo-Quadro de Cooperação entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade de Cergy-Pontoise (UCP)

- Coordenador em cada uma das instituições envolvidas Glaucia Muniz Proença Lara (UFMG) e Béatrice Turpin (UCP)
- Instituição parceira: Université de Cergy-Pontoise (França)
- Órgão de financiamento Não se aplica.
- Data de início e término 2019-2004 (5 anos)
- Atividades realizadas: Intercâmbio de alunos: Doutorado Sanduíche de Fábio Arcanjo a ser iniciado em março de 2020 (com bolsa do Print/Capes-UFMG).
- Equipe envolvida (alunos, professores e técnicos da UFMG e da instituição parceira). Na UFMG, os integrantes do NAD (Núcleo de Análise do Discurso). Na França, os integrantes do Laboratório TL2D (Lexiques, Textes, Discours, Dictionnaires - Centre Jean Pruvost)
- País/local da instituição do convênio: França.

v: Acordo de cooperação - Convênio entre a UFMG e a Université Rennes2 (França), a partir de iniciativa das profas. Gláucia Muniz Proença Lara (POSLIN) e Maria Zilda Cury (POSLIT). Esse acordo prevê ações em torno de um plano de trabalho integrando os estudos linguísticos e os estudos literários na Faculdade de Letras da UFMG.

2 - Acordos, convênios e projetos de cooperação ativos em 2019:

(i) Acordo de Cooperação entre a UFMG (Brasil), por meio do NAD (Núcleo de Análise do Discurso), e a Universidade de Paris-Est Créteil (França), por meio do CÉDITEC (Centre d'Études des discours, images, textes, écrits, communication). Esse acordo renovado para o período 2015-2020, veio substituir o convênio, assinado em 2005, com a Universidade Paris XII. Trata-se de uma parceria acadêmica e científica, com a participação de alunos brasileiros em doutorados sanduíche e de professores do POSLIN em estágios pós-doutorais. Tem como coordenadores os Professores Ida Lucia Machado (Brasil) e Dominique Ducard (França).

(ii) Convênio entre a Università degli Studi di Firenze (Itália) e a UFMG. O Convênio, coordenado pelo Prof. Tommaso Raso, se concentra nas atividades de pós-graduação: pesquisa e intercâmbio de professores e pós-graduandos.

(iii) Convênio entre a Università degli Studi di Napoli L'Orientale (Itália) e a UFMG, visando a promover o intercâmbio discente de caráter amplo, no nível da graduação e da pós-graduação, sob a coordenação do Prof. Tommaso Raso.

(iv) Convênio com a Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Macau, China, para fins de mobilidade docente e discente e realização de pesquisa conjunta, coordenado pelo Prof. Fábio Alves.

(v) Projeto de cooperação internacional da Rede TREC (Translation, Research, Empiricism, Cognition), envolvendo pesquisadores de 13 países (Alemanha, Argentina, Áustria, Brasil, China, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, Irlanda, Noruega, Reino Unido e Suécia), para fins de desenvolvimento de pesquisas empírico-experimentais em tradução.

(vi) Memorando de entendimento entre a UFMG e a Universidade de Bucareste, firmado em 01/03/18, a partir da cooperação dos professores Eduardo Amaral e Aléxia Duchowny (Brasil) com o professor Mihail Enachescu (Romênia). O objetivo é promover a cooperação entre as instituições e estimular o intercâmbio discente e docente; o intercâmbio de informação e de publicações; o desenvolvimento de projetos de pesquisa conjuntos; o desenvolvimento de programas de ensino e extensão conjuntos; a orientação de teses em regime de cotutela; a promoção de cursos, palestras e simpósios.

(vii) Projeto de cooperação internacional: 'Descrição e Documentação de Línguas Moçambicanas/ Fase 3' - Coordenadores: Fábio Bonfim Duarte e Armindo Saul Atelela Ngunga. O projeto visa a uma cooperação internacional de pesquisa científica entre o POSLIN/FALE/UFMG e a Universidade Eduardo Mondlane, de Maputo. Seu principal objetivo é atender à demanda da academia moçambicana que tem buscado, na linguística brasileira, apoio e cooperação para fomentar a formação de quadros qualificados para responder aos desafios que a pesquisa linguística com as línguas africanas de Moçambique exige. Para tanto, é de responsabilidade da equipe brasileira acolher e orientar estudantes moçambicanos que irão desenvolver projetos de documentação e descrição de línguas moçambicanas, no âmbito do Programa do Bacharelado e da Pós-Graduação em Estudos linguísticos da UFMG. Outro objetivo é o de envolver os alunos das duas equipes em projetos conjuntos de pesquisa, o que pode gerar como produto final a elaboração de artigos, capítulos de livros e gramáticas de referência. Estão previstas visitas mútuas, de um a quatro meses de duração, de pesquisadores moçambicanos ao Brasil e de pesquisadores brasileiros a Moçambique. Essas ações visam ainda fortalecer o recém-criado curso de Pós-Graduação da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane e a pesquisa das línguas moçambicanas no Centro de Estudo Africanos da mesma Universidade, além de contribuir para consolidar o núcleo de pesquisa em variação linguística da FALE/UFMG.

(viii) Projeto com a University of Thessaly (Grécia), coordenado pelas professoras Luciane Corrêa Ferreira (UFMG) e Maria Papadopoulo (University of Thessaly). Título: 'Os discursos sobre migração e refúgio e as políticas de acolhimento no Brasil e no mundo'. Os objetivos do projeto são: 1) mapear como a situação de refúgio e migração é representada metaforicamente na mídia brasileira e estrangeira por meio do discurso; 2) analisar como a situação de refúgio e migração é representada nos documentos oficiais que tratam de tais políticas no Brasil e no exterior. Vigência: três anos (de 01/08/2016 a 01/08/2019).

(ix) Projeto com University of Bielefeld (Alemanha), coordenado pelos professores Luciane Corrêa Ferreira (UFMG), Barbara Job e Joachim Michael (University of Bielefeld). Com o título: 'A Linguagem do Medo', esse projeto pretende investigar como metáforas e metonímias são utilizadas no discurso para falar do medo da violência urbana na cidade de Belo Horizonte. Vigência: quatro anos (de 01/08/2014 a 01/08/2018). Conta com financiamento da CAPES e da University of Bielefeld, Alemanha.

(x) Acordo de cooperação com a Dublin City University da Irlanda, com o objetivo de fornecer um quadro para desenvolvimento de um conjunto de atividades colaborativas e promoção da compreensão mútua entre as partícipes. Coordenação do Prof. Fábio Alves.

(xi) Programa Inglês sem Fronteiras (IsF), com a parceria CAPES/SESU/MEC/FULBRIGHT e financiamento da CAPES, o programa tem como coordenadoras as Professoras Ana Larissa A. M. Oliveira (coordenadora geral na UFMG) e Climene Arruda (coordenadora pedagógica na UFMG). O IsF iniciou suas atividades em 2013, fazendo parceria com a FULBRIGHT em 2014. Em janeiro de 2017, o projeto da UFMG foi renovado (em andamento). Conta com cursos presenciais e on-line de Inglês e atividades voltadas para a internacionalização da UFMG.

(xii) Programa ETA (English Teaching Assistant) CAPES FULBRIGHT. Coordenadora: Profa. Ana Larissa A. M. Oliveira. Subcoordenadora: Profa. Climene Arruda.

(xiii) Projeto com a University of California, Santa Cruz (UCSC), coordenado pelas professoras Luciane Corrêa Ferreira (UFMG) e Lacey Okonski (UCSC), com o objetivo de explorar o frame metafórico da Terra e analisar como tal frame impacta o pensamento e o comportamento sobre mudança climática. Título: 'Não é simplesmente um planeta, é um útero. #MãeNatureza #NatureMother. Ela se parece comigo. No meio das adversidades da vida'. Duração prevista: três anos (de 01/08/2017 a 01/08/2020). Conta com bolsa de Pós-Doutorado da Comissão Fulbright/EUA para a coordenadora americana.

(xiv) Projeto de cooperação internacional entre a Fapemig-UFMG e a Universidade da Georgia, EUA. Considerando que o Brasil possui em torno de 180 línguas nativas (indígenas), a maioria das quais, além de ter sido objeto de pouca descrição gramatical, corre sério risco de extinção, o projeto se propõe a desenvolver estudos teóricos e de revitalização dessas línguas, investigando suas possibilidades gramaticais, como, por exemplo, suas formas específicas de organizar seus inventários fonológicos e de linearizar as frases sintaticamente, bem como o léxico e o modo como se dá a formação de palavras e a categorização de sentidos do mundo real e imaginário. Iniciado em 2017 (em andamento), o projeto conta com apoio financeiro da Fapemig (Apoio Financeiro à Mobilidade de Pesquisa) e é coordenado pelo Professor Fábio Bonfim Duarte (UFMG).

(xv) Acordo de cooperação entre a UFMG e a Università degli Studi di Napoli Federico II USNF II da Itália, coordenado, no Brasil, pelos Professores Lúcia Ferrari (coordenadora) e Tommaso Raso (subcoordenador) e, na Itália pela Profa. Francesca Dovetto. Com o objetivo de promover a cooperação em pesquisa e pós-graduação entre as instituições envolvidas, o projeto desenvolve estudos na interface entre Linguística e Medicina, focalizando corpora de fala de esquizofrênicos e parkinsonianos. Conta com a parceria da Faculdade de Medicina/UFMG, do PPG em Neurociências, além do Instituto Raul Soares. Duração prevista: 07/2017 a 07/2022 (cinco anos).

(xvi) Acordo de cooperação entre a UFMG e a Universiteit Twente - UT da Holanda, coordenado pela Profa. Míriam Lúcia dos Santos Jorge, com o objetivo de promover a cooperação entre ambas as instituições em campos de interesse mútuo. Duração prevista: de 09/2017 a 09/2022 (cinco anos).

(xvii) Acordo com a MacQuarie University (Austrália),formalizado no segundo semestre de 2017 por iniciativa da Pró-Reitoria de Pós-Graduação. A MacQuarie financia atualmente o doutorado em regime de cotutela de Rodrigo Araújo e Castro, orientado, no Brasil (POSLIN), pela Profa. Adriana Pagano.

(xviii) Convênio com a Friedrich-Alexander-Universitt Erlangen-Nürnberg FAU, com o objetivo de promover o intercâmbio de docentes e pesquisadores.

(ixx) Convênio com a Ludwig-Maximilians Universitt München - LMU München, com o objetivo de promover o intercâmbio de estudantes, docentes e pesquisadores.

(xx) Convênio com a Universitt Augsburg - Uni-Augsburg, com o objetivo de promover o intercâmbio de docentes na área de Estudos Germânicos de ambas as universidades.

(xxi) Convênio com a Westschsische Hochschule Zwickau WHZ, com o objetivo de promover o intercâmbio de docentes e discentes.

(xxii) Convênio com a Justus-Liebig Universitt Giessen JLU (Alemanha) para promover o intercâmbio discente de caráter amplo nos níveis da graduação e de pós-graduação, além do intercâmbio de docentes, pesquisadores e pessoal técnico-administrativo.

(xxiii) Projeto '(Inter-)kulturelle Schlüsselkonzepte an den Schnittstellen von Interaktion, Kognition und Variation' (Conceitos (inter)culturais-chave na interface entre interação, cognição e variação). O projeto, com início em 01/07/2017 e término em 30/06/2020, tem como parceira a Universidade de Potsdam (Alemanha) e conta com financiamento da Fundação Alexander von Humboldt (Alexander von Humboldt-Stiftung). Os coordenadores são os professores Hans-Georg Wolf (Universidade de Potsdam) e Ulrike Schrder (UFMG). Entre as atividades realizadas no âmbito do projeto, destaca-se a organização de um número especial 'Intercultural Pragmatics and Cultural Linguistics' do periódico 'International Journal of Language and Culture' (Benjamins) pelos Professores Ulrike Schrder, Hans-Georg Wolf e Milene Mendes de Oliveira. Esse Special Issue será publicado no primeiro número do IJLA em 2019. Em 2018, no total, três doutorandos da UFMG e uma pós-doutoranda/Professora Substituta foram para a Universidade de Potsdam para realizar um intercâmbio de pesquisa (1 mês). Além disso, está sendo realizada a organização do 'International Symposium on Linguistics, Cognition, and Culture' LCC, que acontecerá na UFMG, em março de 2019, e que, é apoiada, em sua maior parte, pelo programa da AvH.

(xxiv) Projeto 'Comunicação (Inter)Cultural em Interação: Expansão e Diversificação do Corpus NUCOI'. Esse projeto, promovido pelo programa Universal CNPq (2019-2022), busca elaborar uma rede de pesquisa para expandir o corpus do NUCOI (Núcleo de Estudos de Comunicação (Inter)Cultural em Interação). Fazem parte desse projeto a Universidade Federal do Pará (Profa. Dra. Regina Cruz), a Universidade de Potsdam (Dra. Milene Mendes de Oliveira) e a Universidade de Gieen (Profa. Dra. Anna Ladilova). A Profa. Anna Ladilova iniciará seu pós-doutorado no Brasil em maio de 2019.

(xxv) - Projeto CAPES/COFECUB, intitulado 'Distância e proximidade entre português, francês e outras línguas: potencial da reflexão comparativa' (DIPROlínguas). Esse projeto teve uma alteração em 2019. Com o pedido de exoneração do Prof. Christian Degache, que retornou para a Universidade de Grenoble, ele passou a ser coordenador pelo Prof. Leandro Diniz (docente do POSLIN/FALE/UFMG). A coordenação da parte francesa se mantece com o Prof. Olivier Kraif (da Universidade Grenoble Alpes). O projeto, com a duração prevista de mais dois anos (a partir de janeiro de 2020), conta com as seguintes universidades brasileiras, além da UFMG: UFOP, UNICAMP, UFU, USP, UFPR e UFRN. As instituições parceiras na França são a já citada Universidade Grenoble Alpes e a Universidade Lumire Lyon 2. Esse projeto já enviou uma aluna do Poslin para doutorado sanduíche na Universidade de Grenoble Alpes (Érica Sarsur Câmara) e enviará uma segunda aluna (Ana Paula Andrade Duarte) em 2019.

(xxvi) - Projeto internacional (2018-2020) Modelling Parameters of Cognitive Effort in Translation Production (Memento)

Site: https://sites.google.com/site/centretranslationinnovation/projects/myrg?authuser=0, envolvendo o LETRA (Laboratório Experimental de Tradução)/UFMG, a Renmin University of China, a University of Macau e a Johannes-Gutenberg Universitt Mainz, na Alemanha, que conta com financiamento chinês. O projeto procura integrar evidências da pesquisa sobre produtos de tradução e processos tradutórios e desenvolver um modelo cognitivo integrado da mente tradutora baseado em evidências empíricas, o qual pode ser validado por meio de uma ampla gama de combinações linguísticas. Além da pesquisa baseada em corpus, são usados, sistematicamente, registro de teclado e mouse, rastreador ocular e espectrografia funcional de infravermelho próximo (fNIRS, sigla em inglês) para investigar a relação entre universais de tradução e padrões de processo tradutório. Espera-se que o preenchimento da lacuna entre a linguística de corpus e as observações comportamentais forneça uma base teórica abrangente da mente bilíngue em observações empíricas.
Membros:

Prof. Victoria Lai Cheng LEI, University of Macau (UM), China
Prof. Defeng LI, University of Macau (UM), China
Prof. Fabio ALVES, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brazil
Prof. Michael CARL, Copenhagen Business School/Renmin University of China (RUC), Kent State University
Prof. Silvia HANSEN-SCHIRRA, Johannes Gutenberg-Universitt Mainz (FTSK), Germany
Dr. Moritz SCHAEFFER, Johannes Gutenberg-Universitt Mainz (FTSK), Germany

(xxvii) - Projeto 'Intercultural Communication in Interaction: Multimodal Approaches'. Esse projeto, promovido pelo WUN - Worldwide Universities Network Research Development Fund (até o final de 2020), vem sendo coordenado, desde dezembro de 2018, pela Profa. Ulrike Schrder. O WUN tem como objetivo dar apoio inicial para projetos de longa duração. O projeto integra as Universidades de Alberta (Canadá Profa. Dra. Jennifer Dailey-O'Cain), Leeds (Inglaterra Profa. Dra. Elisabetta Adami) e Sheffield (Inglaterra Prof. Dr. Paul O'Neill), Potsdam (Alemanha Dra. Milene Mendes de Oliveira) e a UFMG (Brasil Profa. Dra. Ulrike Schrder e Dra. Mariana Carneiro Mendes, além dos discentes Adriana Fernandes Barbosa e Thiago da Cunha Nascimento).

(xxviii) - Convênio 'Paisagens de língua e letramento em mudança nas universidades brasileiras: o inglês no desenvolvimento da política e da prática linguística', firmado em 01/12/2018, com previsão de término em 31/07/2019. Trata-se de um projeto de pesquisa colaborativa entre a UFMG (representada pelas professoras Andréa Mattos POSLIN/FALE e Maria Lúcia Castanheira FAE), a UnB e a Universidade de Birmingham (UK), com financiamento do British Council, no âmbito do edital UK-Brazil Collaboration Call. O objetivo é examinar as iniciativas específicas da política do inglês (por exemplo, o inglês como meio de instrução; os cursos em Inglês para Propósitos Acadêmicos, o apoio a pesquisadores brasileiros que escrevem para periódicos internacionais publicados em inglês) e documentar questões recorrentes nessas iniciativas, pertinentes a barreiras, desafios e/ou oportunidades. Os resultados desse estudo fornecerão insumos ao pensamento estratégico sobre a construção de capacidade e a criação de meios sustentáveis para apoiar o desenvolvimento dos recursos de língua e letramento de pesquisadores universitários. A equipe de pesquisa produzirá também orientações para futuras pesquisas dessa natureza em outras universidades brasileiras.

(xxix)- Projeto 'Cognitive load and potential cost of ELF in academic contexts', aprovado em 2018 para ser implementado em 2019-2020. Projeto aprovado e financiado pelo Conselho Nacional de Pesquisa da Suíça (SNF) em parceria com a Universidade de Ciências Aplicadas de Zurique (ZHAW). Pesquisador(a) principal da ZHAW: Maureen Ehrensberger- Dow. O projeto postula que, embora o inglês como língua franca (ELF) tenha sido estudado em relação às suas características e eficácia comunicativa, evidências recentes em estudos sobre tradução e interpretação sugerem que ele também impõe carga cognitiva adicional à produção de texto, o que pode afetar o processamento linguístico normal mesmo em profissionais treinados. O projeto visa investigar a carga cognitivo-afetiva imposta pela escrita de textos acadêmicos em inglês como língua franca em comparação à tradução de resumos produzidos em língua nativa. As medidas de esforço e estresse de doutorandos latino-americanos serão comparadas às de doutorandos suíços em diferentes tarefas de produção de texto (redação de resumos em inglês vs. tradução de resumos do português, espanhol e alemão para o inglês).

Redes sociais
Twitter PosLin

@poslin

Facebook PosLin

/ufmgposlin

Twitter PosLin
Poslin

Av.Antônio Carlos, 6627 - Sala 4035 - Pampulha
Belo Horizonte - MG - CEP 31270-901
e-mail: poslin@letras.ufmg.br
**Durante a pandemia o atendimento será exclusivamente por email